quinta-feira, 13 de maio de 2010

Desafio do Oswaldo Aranha


Oswaldo Aranha foi muito mais do que um diplomata. O ilustre gaúcho, morador do Rio, fez uma ímpar contribuição para a comida de boteco brasileira: o filé à Oswaldo Aranha.

Lá por volta dos anos 1930, quando o Rio de Janeiro era capital federal e bombava de políticos, Oswaldo era ministro das Relações Exteriores e gostava de uma comidinha bem brazuca.

Ele mesmo ditava a receita: um suculento filé alto, com alho fatiado bem fritinho por cima, batatas portuguesas, farofa e arroz. Na mesa, misturava tudo antes de comer. De tanto pedir o rango, o restaurante incluiu o prato no cardápio e deu o nome do seu criador.

A cantina aqui perto do escritório tem um Oswaldo Aranha sensacional, e sua receita tem uma liberdade poética de dar água na boca: no lugar do alho crocante, vai um molhinho de alcaparras.

O desafio do final de semana é reproduzir o delicioso filé, e convidar a turma do marketing para fazer o teste cego, claro. Agora fica a dúvida de qual receita testar primeiro:

-A receita do Oswaldo?
-A receita da cantina?
-Inventar minha própria receita?

Quem votar primeiro ganha um pedaço maior.

3 comentários:

Daise Alves disse...

Vou testar primeiro "Inventar minha própria receita?" hehe

Feroca disse...

A receita da Cantina!

Marcel Martins disse...

A receita do Oswaldo